Trabalhadores da fábrica cumprimentando-se com os cotovelos durante a pandemia do vírus corona